Cabeçalhoo

Volte ao Início Sobre o Diário Sobre as Autoras Encomende um Texto Mande sua Contribuição Image Map

26 de fev de 2013

Texto de Bruna (Contribuição)

Tumblr_mhvcqxua6t1qas1mto1_500_large
O blog UDB está recebendo mais uma contribuição! Desta vez é da Bruna, uma das futuras contribuidoras do blog A Garota da Casa 12 (da Na). Confiram o texto que ela escreveu:

"Mas feliz é aquele que vive em um mundo só...", por Bruna R. S.
Conheço muitas pessoas que tem diferentes “faces”. São pessoas diferentes; quando estão em casa, quando estão na rua com os amigos... Diferentes personalidades que ás vezes parecem pertencer a pessoas completamente distintas.
Então eu penso, se lugares diferentes podem ser considerados mundos, em cada qual uma mesma pessoa pode ser outra diferente, automaticamente o ônibus, ou carro ou ainda avião deve ser um meio de transporte entre os mundos.
                                      Transporte entre os mundos.
Soa estranho, não é? Como se fosse algo surreal, sonhado. Aí eu penso nas pessoas que não tem uma personalidade marcante, que trocam de mundos e passam despercebidas em todos eles. Ou em nenhum deles. Por que?
Pode ser pelo simples fato de não quererem passar pela roleta e continuarem no lugar que estão, sem fazer um esforço. A preguiça de sonhar em ser algo maior, e de lutar por isso; faz com que você não passe de um ser pluricelular que vagueia pelos mundos afora sem um lugar definitivo.
Sempre é bom voltar para casa. E aí, como ficam aquelas pessoas que não tem um lugar para se sentar no sofá, tomar uma xícara de café e esticar as pernas enquanto olha um bom filme? Estão condenadas, assim como as preguiçosas acima, a vagarem entre os mundos. Ora parando em um, ora parando em outro. Ou dormindo nos meios de transporte entre os mundos. Assim acho que se explicaria as pessoas que vemos dormindo no banco do metrô ou no ônibus. 
E você? Você não gostaria de ser alguém? De transformar a atmosfera do lugar onde está? De deixar a sua marca? No cobrador, na professora, no tio da vendinha da esquina...
Mas sempre há aquelas pessoas que deixam sua marca no mundo. Pode ser grande como a de Jesus Cristo e Buda (Que tocaram milhões) ou pequena como a minha, que toca somente quem me conhece. Mas a minha, a sua e a nossa marca é definida por nós. Podemos marcar um, dois, vinte mundos diferentes. De maneiras diferentes, alegres ou não. Mais feliz é aquele que vive em um mundo só. Para o qual o ônibus é somente e unicamente, talvez até especialmente, um ônibus.
Tumblr_miqpspedhn1s6ga20o3_500_large
Então, que acharam? ^.^ Comentem, dando sua opinião! Quem quiser contribuir, é só clicar no button nos gadgets ao lado, 'Envie Sua Contribução'. Estaremos muito felizes em recebê-la! Um beijo à todas!
Biti e Na.
P.S.: desculpem-nos a nossa ausência aqui no blog, a escola não está nos permitindo passar muito tempo na internet. Queremos agradecer de coração aos comentários e visitas que fizeram, iremos retribuí-las assim que pudermos!

5 comentários:

  1. Bom para pensar este texto!!!
    Não se esqueça de votar na nova enquete para o Conhecendo Lugares e de ajudar o nosso blog (Fashion and You) na competição para melhor blog no Rascunhos Perdidos. Por favor ajudem o blog a ganhar esta competição, só te até esta sexta-feira!!!Beijos, obrigada e conto com o seu voto!!!!

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto.

    blog-da-marci.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Chorei (exagerando um pouquinho) ao ver que vocês gostaram... Vlw gentem :D

    ResponderExcluir